Nestes dias no meu mundo

Estes foram os dias em que estive a sonhar. A reflectir, desligada ao mundo inteiro. Contudo, com a cabeça no ar, esqueço de tudo o resto. Um barulho mínimo de um objecto, pessoas, até uma brisa que passa entre os meus cabelos, não consigo ouvir. Desligo-me, apenas. Estou na outra onda, com o cheirinho que mais gosto, ao som da música. Penso enquanto a música da minha cabeça se está a reproduzir. "Aquele retrato, aquela personagem, olha para mim, a sua ternura e a beleza do olhar põe-me internamente feliz comigo mesma. Alegra a minha alma que nela instalou uma estranha tristeza, pesada, cheio de dores insuportáveis. Olha para mim, esqueço-me de tudo, é como não acreditar que é real, é como eu quisesse de ter o retrato e não poder tê-lo, é algo demasiado bom para ter. Tenho aquilo que tenho. Um retrato, uma personagem. Mas trata-se de uma pessoa." A música pára quando alguém ralha comigo. Pará o meu pensamento. E volto ao mundo. Mas não queria voltar. Nunca.

publicado por Ynnêz às 09:10 | comentar