Novo diário

Desde os meus 12 anos que tenho diários, pelos vistos ainda não perdi o gosto de escrever. Tenho já uma estante cheia, é sempre bom recordar, rever os bons e os maus momentos. Eu gosto de ter um diário pronto para escrever em qualquer altura, nem que seja uma coisa sem sentido nenhum, eu gosto de escrever, eu gosto de palavras e acho que nunca vou deixar de gostar.

Na semana passada o meu diário já tinha chegado ao fim, e eu fiquei aborrecida porque tinha que procurar um diário "perfeito" e o caderno que eu queria era muito caro.

Mas desta vez quis fazer um diário ao meu estilo. Um pouco do estilo vintage, requintado, um toque musical, jogo de palavras e um desenho/pintura. Comprei um caderno preto da Staples e as minhas ideias começaram a fluir.

Com ajuda da minha mãe, para mim ficou perfeito!

Já agora, a imagem e as palavras são todas tiradas de um livrinho da Gulbenkian.

 

 

 

publicado por Ynnêz às 18:21 | comentar