Terça-feira, 31.08.10

Diary

publicado por Ynnêz às 16:00 | comentar | ver comentários (4)
Segunda-feira, 30.08.10

Senhor Zé Cantador

-Senhor Zé Cantador, escreve poemas todos os dias? Digo eu cheia de curiosidade.

-Não, escrevo só quando tiver inspiração! Disse.

Poeta, com um livro de poemas concluído (espero ser publicado) e um grande viajante em África. Escreve poemas sobre tudo, o que lhe aparece à frente, as suas memórias, sobre alguém importante, ou até mesmo sobre nada, mas tem sempre sentido.

A sua cara demonstra já algum respeito, um homem culto. O seu bigode tem muito que contar. Percorri nos corredores na casa dele, cheias de fotografias com militares (pareciam filmes a preto e branco) e senhoras com grandes óculos, que até por acaso agora está muito na moda. Caixas cheias de relógios, relógios de bolso, de prata, de pele... de vários feitios. Mais uns cachimbos em cima da prateleira vindos de África e dos outros países. Recordo ver cada objecto de Recordação do Senhor Cantador, o Sr. Abanico (é parecido com um leque), a ferradura que está sempre pendurada no seu cinto, e os cadernos/diários dos poemas que trouxera quando esteve em África, aventuras, digo eu para mim. Orgulhoso por ter um dom de ser poeta (inventa poemas na hora) sentado na sua cadeira com o candeeiro apontar para o seu caderno dos poemas, lê cuidadosamente os seus poemas às pessoas que estão à sua volta, às refeições, na sala, na rua, em qualquer altura que seja. Fala devagar (como um verdadeiro poeta)...

 

Minhas Mãos nas tuas enleias

Estão apertadas as duas

Que eu sinto nas minhas veias

Correr o sangue nas tuas

 

Meu coração está fechado,

Vem ser mala nem baú

Está fechado para todos

Está aberto para "tu"

 

Meus beijos sabem a mel

Eu sou melhor que tu

O Laím matou Abel

E o Animafografo.

 

Senhor Zé Cantador.

publicado por Ynnêz às 09:15 | comentar | ver comentários (3)
Sexta-feira, 27.08.10

Ynnêz in wonderland

publicado por Ynnêz às 16:13 | comentar | ver comentários (16)
Quinta-feira, 26.08.10

Blog em destaque pela 2ª vez

Desta não estava nada à espera. Na primeira vez até saltei da cadeira, mas agora limito-me a ficar bem sentada na cadeira e com os olhos bem abertos a ver o comentário:

 

I'm so Happy now!

publicado por Ynnêz às 16:37 | comentar | ver comentários (13)
Quarta-feira, 25.08.10

Algo diferente

publicado por Ynnêz às 00:00 | comentar
Terça-feira, 24.08.10

"Os Maias"

Agarrei no livro dos Maias e começei a ler, até fiquei interessada. Na praia lia, mas depois comecei a ficar um bocado frustrada porque a introdução não tinha fim(...)

Levei o livro quando fui passear a Espanha e voltou o meu aborrecimento. E durante a viagem aproveitei para tirar fotos ao livro só para me divertir um pouco...Que até não ficaram mal.

Esta foi a que mais gostei.

publicado por Ynnêz às 23:34 | comentar | ver comentários (16)

Costurar webdesign

A costurar roupa para o blog. Daqui a bocadinho estará prontinha.

Au revoir!

 

publicado por Ynnêz às 17:40 | comentar | ver comentários (2)
Segunda-feira, 23.08.10

A amizade não se explica, sente-se.

Querida Filipa,

no fundo do meu coração, sei que tenho muitas saudades da nossa amizade, que quase se perdeu no ano passado. Sem darmos por isso, quase deixamos de falar. Eu acredito quando dizes que tens saudades. Tudo ficou tão diferente, a turma, os amigos, o dia-a-dia, imagina-se nem um pouco ou parecido ficou igual, nisso também afectou-me imenso. Pensei eu, falaria contigo outra vez? Se ao menos a nossa amizade voltasse.  A nossa longa e forte amizade, como tu dizes, é uma coisa que nunca mais se esquece, porque ficou marcado nos nossos corações. Ainda fiquei a pensar se eu errei da minha parte, talvez das atitudes...não sei. Poderias dizer-mo. No entanto, vou acreditar que a sinceridade entre nós volte, e espero que aconteça. Tenho saudades das conversas, e também das "parvoíces" que nos faziam bem até. Embora que nunca mais estaremos na mesma turma, podemos passar mais vezes juntas nos intervalos e durante o almoço. E eu quero, que a nossa amizade volte, faz-me falta de ter uma grande amiga como tu, que me conhece durante anos. Se conseguimos ser amigas durante tanto tempo, de certeza que podemos ter a amizade que tínhamos. Porque aliás, sempre serás a minha melhor amiga Filipa por mais afastadas que estejamos.

 

Beijinhos,

Ynnêz.

publicado por Ynnêz às 21:48 | comentar | ver comentários (7)

Hey!

Voltei, e agora tenho que arrumar a casa porque há muito tempo não foi habitada. Ontem quando cheguei fui pôr fotos no facebook e só sai da internet às tantas da manhã e ainda há muitas para pôr, mas hei-de pôr aqui quando mudar o visual deste cantinho que ficou só durante muiitooo tempo, pobre coitado.

Tenho aqui o meu bloco de notas de viagens, e acho que vou pôr aqui o que escrevi...sim vou pôr.

Ao menos o blog pode estar recheado de coisinhas boas.

Por enquanto nestes dias vou estar nas limpezas e depois, ao ataque aos blog's outra vez!

 

Há muito que fazer.

publicado por Ynnêz às 10:00 | comentar | ver comentários (2)
Segunda-feira, 16.08.10

As saudades apertam

Cheguei agora de Espanha (Santiago Compostela).

Amanhã não estarei em casa e volto só em 23 de Agosto.

Recebi o email do meu Maestro (do coro), pelo o meu espanto, nos Açores, quando estávamos a cantar numas das Grutas dos Açores estávamos a ser filmados por um senhor, tinha uma câmara relativamente grande e um microfone com o tamanho daquelas que nós conhecemos dos ensaios das telenovelas. Pouco nos importamos de ser filmados, pois poderia ser mais um daqueles turistas que ficavam a escutar as nossas canções à capella nos monumentos mais conhecidos. Mas afinal não era apenas um turista, era um repórter que fazia documentários e naquele momento estava um fazer documentário sobre as "7 maravilhas de Portugal". Pelo que parece, a publicidade passa muita vez sem conta nas televisões portuguesas.

Por enquanto o repórter Pedro Carvalho, pôs o vídeo do coro no youtube, em alta qualidade (que até custa ver, imagina-se, já me vi em HD). E ainda não é editado.

 

As sopranos estavam a brincar comigo, quando disseram " Ay, Linda amiga" porque é quando canto em quarteto e eu disse um grande "nããoo".

Ainda bem que não cantei, não queria nada que filmassem.

Ai, Açores. Como tenho saudades!

publicado por Ynnêz às 03:10 | comentar | ver comentários (4)

pesquisar neste blog

 

posts recentes

♥Blogs

arquivos