1 comentário:

anna. a 26 de Dezembro de 2008 às 21:42
bem, é mesmo a típica conversa de adolescentes! (já tive várias assim)